Grito.




Estava ali cercado por todos os lados, de pessoas
que mais pareciam sacos vazios, nada tinham dentro
de si, seus valores eram torpes e suas mentes medíocres.
Será que não passara por suas cabeças que eram assim?

Eu gritava, mas eles não ouviam parecia que estavam surdos,
meu grito era silencioso como uma noite serena, a brisa da manhã,
meu silencioso grito escoava pelo vago em busca de um ouvinte,
mas era inútil porque eles eram vazios.

Eles nada escutavam, além de seus próprios ruídos,
mais pareciam porcos imundos a grunhir do que pessoas.
O vazio tomara conta de suas almas que agora nada mais
eram do que meras lacunas.

Meu grito inútil perpetuava-se pelo vago, vagando vagarosamente
em busca de alguém que não fosse como eles, não fosse vazio,
e que pudesse escutar-me, até que um dia você escutou
meu grito silencioso no silêncio da sua existência e hoje
não busco mais por alguém que ouça-me
busco apenas estar ao teu lado.

Arthur Mello.

Unknown

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

16 comentários:

  1. "não busco mais por alguém que ouça-me
    busco apenas estar ao teu lado."

    Perfeito isso. Parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
  2. "vagando vagarosamente..."

    muito bom teu texto...

    e este trecho que especifikei acima será meu nick no msn,rsrsrs

    www.janjaocomics.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Muito bom seu texto,bela poesia.bj

    ResponderExcluir
  4. bleo post!
    Parabéns pelo blog!

    http://leonardobslima.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela sua visita em meu blog. Odontologia fui publicado no dia 04/05/2009.

    ResponderExcluir
  6. Valeu pela visita...

    Bacana seu blog.... Bjos

    ResponderExcluir
  7. Belo texto. Escreve bem. Parabéns!
    Venha conhecer meu blog, é de cinema: http://cinemasemtempo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Belo post...

    1 texto, 2 momentos.

    Muito legal isso.

    ResponderExcluir
  9. queria saber escrever poesias*-*

    ResponderExcluir
  10. A sensação do nosso grito tantas vezes abafado entre incompreensões ou insensibilidades...
    Muito bom o texto, parabéns!!
    www.tocou.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. A imagem que vc escolheu foi perfeita para o poema!

    e quase que eu num comento,1° o PC reinicia,depois o firefox da pau,e por último os comentarios num tavam qrendo aparecer...

    ResponderExcluir
  12. Não precisa buscar não, deixe ser buscado. É mais fascinante!^^

    ResponderExcluir
  13. Netendo perfeitamente o que o poema quis dizer :~ Pelo menos, da forma que entendi... já me senti assim tantas vezes... Parabéns, tá muito lindo.

    ResponderExcluir
  14. gritar faz mal pra saúde, dica.

    ResponderExcluir
  15. muito muito muito bom !!
    está de parabéns.
    a imagem então, bem expressiva.

    beeijos
    http://andnobodyelse.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu gritava, mas eles não ouviam parecia que estavam surdos,
    meu grito era silencioso como uma noite serena....
    CARAMBA NUNCA DUVIDEI DA SUA CAPACIDADE DE ESCREVER MAIS NUNCA PENSEI QUE SERIA TANTO ASSIM ... PARABENS E VA EM FRENTE VC TEM TALENTO ...
    BEIJINHOS
    LUMA !

    ResponderExcluir