Utopia

Tudo parecia ser tão perfeito,
tão tranquilo,
inabalável.
Tudo estava indo tão bem,
até o mundo desmoronar
sobre minha cabeça
e eu perceber que
tudo não passava de um delírio utópico.
Agora resta-me apenas a esperança
de um dia conseguir
concretizar a minha
utopia.

Unknown

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

7 comentários:

  1. Oe, escreve muito bem rapaiz, entretanto, confesso que: não sou sensivel o suficiente para fazer um coment digno sobre seu post... sorry!

    qualquer coisa http://rosbifeazul.blogspot.com/

    Dancost

    ResponderExcluir
  2. Faço das palavras do DanCost, as minhas! x)
    Você entende de música?
    Acho que suas letras ficariam ótimas com uma melodia!

    :*

    ResponderExcluir
  3. Sow digo uma coisa: Minha vida em 12 versos teus! Oo

    Mtu lindo....cheio de sentimento....
    Acho que é um diário p/ mtas pessoas!
    parbéns ;)

    ResponderExcluir
  4. Arthur, você escreve divinalmente. Deveria tentar publicá-los. Belo poema, estou sendo muito sincero. Encontrei aqui muita qualidade.
    Se interessar em publicar no livro da Nova COletânea, projeto que inicia nestas próximas semanas, faça contato. O meu e-mail é brunoteenager@gmail.com.

    http://www.novacoletanea.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. O.O

    Seus textos são muito bons!!!
    Continue assim.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Gostei. Procure participar de concursos literários. Esta cheio deles na net *-*
    Bjaum

    ResponderExcluir