Dependente Apaixonado.




Menina faceira,
como quem não quer nada
chegou e me deu uma rasteira,
e me deixou sem nada.

Agora estou carente,
tornei-me seu dependente.
Agora abandonado,
vivendo a mercê da sorte.

Espero te encontrar,
para te beijar,
em tuas curvas derrapar,
em teus olhos mergulhar.

Enquanto isso,
divirto-me ludibriado,
pelas lembranças de um passado,
mantido, perdido e guardado.

Como posso eu, compreender o incompreensível?
aceitar tua insensatez?
Viver sem te ver?
Amar sem te ter?


Arthur Melo.





Unknown

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

31 comentários:

  1. é min sinto assim ;D

    By: Marcello !

    ResponderExcluir
  2. Nossa você escreve muito bem, a foto combinou com o poema =]
    Adorei, continue assim ^^

    Beijos, Carol

    ResponderExcluir
  3. Bonito cara!
    poemas são dificeis de comentar ^^
    belo blog tb!

    ResponderExcluir
  4. Gostei do seu poema...
    Gostei muito da imagem também.. (até salvei no pc)

    - - - -
    Acesse:
    http://arialdoze.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Arthur,
    Maravilhoso o texto... parabéns!
    abraços

    ResponderExcluir
  6. Ta Lindoooo,Continue assim viu.Não deixe que os que dizem ser teus amigos estragar tua arte,estou contigo quando precisares de mim,beijão.

    Vc tem futuro!

    Acredite.

    Paola Marinho

    ResponderExcluir
  7. Legal continue assim

    ResponderExcluir
  8. Uau, quando comecei a ler, jurava que era de algum autor famoso...
    Vc tem alma de poeta! rsrs...
    Muito bom!

    Abraços Arthur!

    ResponderExcluir
  9. Adorei poema perfeito,virei seguidora sempre que der passarei por aqui *-*

    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Achei lindo... mtu fofo e singelo! Teu etsilo de escrever poesia parece c/ o meu! =p M identifikei paks!

    Parabéns, moço ;)

    ResponderExcluir
  11. suas poesias sao da hora continue assim viu, um abraço

    ResponderExcluir
  12. Uma linda declaração de amor. O mais não há nem o que comentar.
    Invista na carreira de poeta.

    ResponderExcluir
  13. Que texto liindo, esse lance de amor platonico sempre funciona em textos mais na realidade isso é tão ruim ;S

    beeijos

    ResponderExcluir
  14. Ah! Que gracinha de poema.

    Cara, o visual do seu blog é nota 10.

    Abraços...

    ResponderExcluir
  15. Muito bom!

    parabens!
    ce escreve muito XD

    mas amar é complicado em ;/

    ResponderExcluir
  16. Olá Artur, perdoe-me por não comentar a respeito do post, maas é que achei seu blog muito bom e de qualidade, e gostaria de fazer parceria em banner. Entre em contato comigo através do blog msm ou e-mail, ok?

    Abração!

    ResponderExcluir
  17. Olá Arthur,
    Gostei de ler seu poema e ver a sensibilidade dos poetas maiores. A leveza e honestidade das palavras, a clareza e musicalidade dos versos.
    É um novo autor com talento promissor. Antes do estudo estético e da definição do nosso estilo devemos nos conduzir pela excelcitude dos sentimentos. Viver bem este momento de descoberta do "Eu-poeta" é muito importante. O futuro bate em sua porta. Você o receberá bem.
    Se interessar em ter algo seu publicado entre em contato, ok?
    Meu e-mail é brunoteenager@gmail.com

    ResponderExcluir
  18. Combinaram o poema e a imagem. Há vezes na vida em que nos deixamos seduzir, e quando nos apaixonamos, perdemos certas noções, mas que é bom, isso é.
    Parabéns pelo blog, sucesso e abraços...

    ResponderExcluir
  19. Cara, a formatação e o estilo estão bem definidos.
    Acho que só falta um pouco de carpitaria no texto no que tange a buscar timas mais ricas para as combinações.


    abraços!

    ResponderExcluir
  20. Ah que lindo *---------*
    Tu escreve bem demais cara x.x
    Normalmente meus textos mais poeticos saem muito caoticos, eu nunca consigo deixá-los leves assim T.T

    ResponderExcluir
  21. Muito bom!!!
    Parabéns!
    Abração do Saci !!

    ResponderExcluir
  22. QUE LINDO POEMA! ...ameiii... Alma de poeta não?! Bjs!

    ResponderExcluir
  23. Mulheres...mulheres... essa faca de dois gumes...

    abç
    Pobre Esponja

    ResponderExcluir
  24. Você escreve de uma forma gostosa de ler, bem legal, e a photo combinou com o poema, boa sorte com o blog, adorei ;)

    ResponderExcluir
  25. Espero te encontrar,
    para te beijar,
    em tuas curvas derrapar,
    em teus olhos mergulhar.

    show =p

    ResponderExcluir
  26. ptz ,acho que realmente entendi isto.
    ----

    Amei o blog, visitarei muito mais vezes ...

    beijos,

    ResponderExcluir
  27. o Amor deve estar no AR mesmo!
    minha parceira tb postou muito essa semana sobre o amor !!!

    ResponderExcluir
  28. compression december sampling mastery antiques reclaim trilogy pnwhealth turf cruel herbals
    semelokertes marchimundui

    ResponderExcluir