Saudade, entre a dor e o amor


Saudade é dor no peito,
é tempo que não passa,
é sorriso que não tem graça,
é um perfeito imperfeito.

É solidão em meio a multidão,
é dialogar em silêncio,
é uma distância difícil,
é o vazio no coração.

É a falta de um abraço,
é a lembrança de um afago,
é sentir a falta de um pedaço.

Revive em memória o que no tempo parou,
mesmo que breve, foi feliz,
se tem saudade é porque um dia amou.

Arthur A. Melo.

Arthur Melo

Phasellus facilisis convallis metus, ut imperdiet augue auctor nec. Duis at velit id augue lobortis porta. Sed varius, enim accumsan aliquam tincidunt, tortor urna vulputate quam, eget finibus urna est in augue.

Nenhum comentário:

Postar um comentário